quinta-feira, 10 de novembro de 2011

11-11-11

Amanhã, dia 11/11/2011, ocorrerá no Rio Grande do Norte a primeira eleição para Defensor Geral do Estado nos moldes da Lei Complementar Federal nº 80/1994.

Ninguém se candidata a um cargo achando ser a pior opção, mas tenho o maior respeito pela outra candidatura na cédula eleitoral. Cabe agora a cada Defensor Público decidir qual o melhor caminho para que a Defensoria Pública venha a se tornar aquilo que desejamos que ela seja.

O fato é que tive agradáveis momentos nesta curta caminhada - a campanha durou poucos dias e, entre as audiências e processos, pouquíssimo tempo restou para ela.

Na conversa com diversos Defensores Públicos, ficou claro que o meu nome e o de Bruno Câmara - meu grande amigo e potencial SubDefensor - foram muito bem recebidos. Fiquei comovido com as palavras de diversos Defensores Públicos com os quais tenho até mesmo pouco contato. Vale destacar também o generalizado carinho por Bruno.

Fiquei também emocionado com o apoio espontâneo de diversos profissionais do meio jurídico ou não, seja pelo twitter, seja pelo facebook, seja nos corredores dos fóruns ou por telefone. Defensores de outros Estados, magistrados estaduais e federais, promotores de justiça, advogados, etc.

Muito bom saber que deixei boas impressões por alguns lugares em que passei.

A torcida agora é que das urnas brote o melhor resultado possível para a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte e para o nosso público alvo. Seja lá o que isto quer dizer.

Obrigado a todos os Defensores Públicos que me atenderam com educação e cordialidade, ao meu grande amigo Bruno Câmara por sua parceria nesta caminhada, bem como aos amigos e familiares que acreditam em minha capacidade às vezes até mais que eu mesmo.

Um obrigado especial à minha querida esposa e ao fruto de nosso amor que cresce em seu ventre: sem vocês eu não seria nada!

Que o amanhã seja sempre mais brilhante.

Manuel Sabino Pontes