segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Notícias do Caso Eduardo

Conforme prometido principalmente ao colega Marcus Vinícius, informo que o caso narrado no post "Dizem que sou louco..." foi votado hoje no Conselho Penitenciário. À unanimidade, o órgão aprovou o voto do relator recomendando a devolução da cidadania e da liberdade de Eduardo.

Comigo votaram o representante da OAB, Dr. Francisco Eloílson Saldanha de Paiva, e a representande do MPE, a Procuradora de Justiça Valdira CâmaraTorres Pinheiro Costa.

Agradeço aos colegas Conselheiros pela dedicação já que, por conta da visita ao Presidio Estadual de Parnamirim, não fosse o comprometimento dos citados, hoje não haveria quorúm para a votação.

Informo que fui surpreendido hoje com o telefonema de uma repórter da Tribuna do Norte que se interessou pelo caso. Talvez seja divulgado em breve naquele diário.

Estou pedindo à Defensoria Pública para participar de um evento nacional sobre a Lei de Drogas (11.343/2006) e pretendo relatar este caso para o Banco Nacional de Injustiças que deve ser criado nesta oportunidade.

Outras providências estarão sendo tomadas em breve e informarei aqui no blog para os que estão acompanhando o caso.

3 comentários:

Gerivaldo Neiva disse...

Posso publicar tb?

Manuel Sabino Pontes disse...

Dr. Gerivaldo... Para mim seria a maior das honras.

Eu estava em Brasília, participando das reuniões para o ENASP, quando me emocionei com "Uma Tragédia no Domingo no Parque" (http://www.gerivaldoneiva.com/2011/08/uma-tragedia-no-domingo-no-parque.html), belo e literário artigo que me instigou a contar a história de Eduardo de forma diferente.

Fiz meus colegas de vários Estados lerem aquela obra de arte e anotarem o endereço virtual do Grande Gerivaldo Neiva.

Manuel Sabino Pontes disse...

Não sei se quem leu o parecer percebeu, mas eu me recuso a chamar Eduardo por reeducando, apenado, paciente, internado ou coisa que o valha.
Chamo-o de Eduardo, Eduardo, Eduardo...
Tento torná-lo gente, já que o processo draconiano ao qual foi submetido o coisificou...